Especial Evento Literário

Festa do Livro da USP 2017

Festa do Livro da USP 2017

Eu visitei a Festa do Livro da USP pela primeira vez em 2016, em sua 18ª edição. Demorei para conhecê-la, mas me encantei de cara, principalmente por um grande motivo: 50% de desconto.

Ano passado, resolvi ir “só para conhecer” e, quem sabe, escrever para o blog sobre a experiência. Acabou que eu comprei 11 livros e não postei nada por aqui. Fica meio difícil resistir à tentação quando você encontra tantos livros da sua wishlist com no mínimo 50% de desconto!

Eu aprendi com a experiência de 2016 e este ano me preparei.

Lista de desejados

Pode parecer exagero, mas eu passei o ano esperando pela Festa. Quando a data oficial foi anunciada, com quase um mês de antecedência, eu criei uma lista de livros que eu gostaria de comprar, separados por editora. Pesquisei cada um deles na Amazon, Estante Virtual e Submarino para checar se o preço com desconto na Festa seria condizente à realidade.

Mais tarde, com o anúncio das editoras que estariam presentes (umas 200!) e o catálogo dos obras à venda, precisei alterar alguns itens na minha lista, além de já conseguir estipular uma média de gastos.

Nela constavam 12 livros da Companhia das Letras, sete HQs da Veneta e Nemo, e mais 11 livros de outras editoras, como Planeta, Plataforma21 e Globo Livros.

Resolvi manter na lista os livros das editoras que não haviam confirmado presença e essa foi uma boa decisão porque me esqueci que algumas delas fazem parte de grupos, como é o caso da Plataforma21, da V&R Editoras, e a Nemo, do Grupo Autêntica, ambos presentes.

Visitei a Festa da USP no dia 30 de novembro, uma quinta-feira, e este ano eu permaneci no local das 11h às 18h30. Os três longos pavilhões ficam cheios de pessoas o tempo inteiro. Todos os estandes aceitam dinheiro e cartão – apesar de, a hora que eu cheguei, quase nenhum tinha troco para dar.

Companhia das Letras

A Companhia das Letras é a primeira editora bem na porta do evento. Ela e a Boitempo são os únicos estandes cercados, mas só o da Companhia tem fila para entrar (pelo menos no dia que estive lá).

Festa do Livro da USP 2017 - Companhia das LetrasAo ter acesso ao estande, cada visitante recebe uma planilha com todos os livros disponíveis, listados por selo da editora (por exemplo, Companhia de Bolso, Quadrinhos na Cia., Alfaguara, etc.), com o preço na frente já com o desconto. Você pode usar uma das canetas disponíveis no local para marcar na frente de cada livro que você quer comprar e então entrega a sua planilha para um atendente. Ele vai reunir a sua compra e levar direto para o caixa. Aí é só esperar na filinha básica até chamarem o seu nome para você pagar (mas até que foi rápido).

Eu cheguei e fui direto ao estande da Companhia, no entanto, a HQ Aqui, que estava com um preço excelente e era um dos livros que eu mais queria, tinha esgotado e disseram que poderiam receber mais até às 14h. Como eu iria ficar na Festa até às 18h, resolvi voltar mais tarde e comprar tudo de uma vez.

Acabei voltando depois de já ter andado por todos os demais estandes. Eles não receberam mais exemplares de Aqui e eu, que já tinha comprado todos os outros livros que queria das outras editoras, acabei desistindo dos 12 livros da Companhia das Letras da minha lista.

Por fim, selecionei três romances e duas HQs:

  1. Americanah, Chimamanda Ngozi Adichie
  2. Eu receberia as piores notícias dos seus lindos lábios, Marçal Aquino
  3. Luzes de emergência se acenderão automaticamente, Luisa Geisler
  4. Repeteco, Bryan Lee O’Malley
  5. Persépolis, Marjane Satrapi

Mesmo comprando apenas cinco dos 12 livros que eu havia planejado, foi onde mais gastei. (E teria levado mais uns 20 se não ficasse tão caro.)

Outras editoras

Paciência (HQ)

A Festa da USP é excelente para quem tem interesse em comprar livros infantis e obras acadêmicas, graças à variedade de opções de editoras vendendo obras destes dois gêneros. Eu inclusive aproveitei e comprei alguns livros infantis para dar de presente de Natal!

Das que estavam na minha lista, consegui comprar:

  1. O tempo entre costuras, Maria Dueñas (Planeta)
  2. Outros jeitos de usar a boca, Rupi Kaur (Planeta)
  3. Battle Royale, Koushun Takami (Globo Livros)
  4. Hinário Nacional, Marcello Quintanilha (Veneta)
  5. Stieg Larsson, Guilaume Lebeau (Veneta)
  6. A diferença invisível, Julie Dachez e Mademoiselle Caroline (Nemo)
  7. Paciência, Daniel Clowes (Nemo)
  8. Estamos bem, Nina Lacour (Plataforma21)

Como era de se esperar, encontrei livros que não constavam na minha lista, mas com descontos muito bons:

  1. Descobri que estava morto, J.P. Cuenca (Planeta)
  2. Manual de sobrevivência dos tímidos, Bruno Maron (Lote42)
  3. As consolações da filosofia, Alain de Botton (L&PM)
  4. A desumanização, Valter Hugo Mãe (Globo Livros)

Para compensar, eu não encontrei ou desisti de comprar dez livros que estavam na lista, incluindo os da Companhia.

Saldo final

Festa do Livro da USP 2017 - Livros comprados

No total, foram 17 livros para mim e quatro infantis para dar de presente. Alguns estavam entre R$ 10 e R$ 15; outros poucos por R$ 30.

Mas, no geral, gastei em média uns 20 reais por livro, o que realmente compensou em relação aos preços sem desconto.

Achei que valeu bem mais à pena ir preparada, com uma meta tanto em relação aos livros quanto aos gastos. Consegui dar uma garimpada melhor no restante das obras – e olha que são muuuuitas – e pensar bem antes de comprar algo que não tinha planejado.

Dica extra: como carregar a sua compra

É bem mais prático para quem visita a Festa do Livro da USP de carro e estaciona por perto, porque consegue levar as sacolas até ele, continuar as compras e não ficar carregando muito peso (principalmente para quem mora longe como eu).

Se esta não for uma opção viável e você pretende comprar muitos livros, é aconselhável levar uma mochila reforçada, uma pequena mala de mão ou um daqueles carrinhos de feira. Basicamente, algo prático para evitar que você fique carregando sacolas pesadas nos braços e que, ao mesmo tempo, não atrapalhe o fluxo dos visitantes nos corredores abarrotados da Festa.

Galeria de imagens da Festa do Livro da USP 2017

(Clique na imagem para ver todas as fotos da galeria.)

Você já visitou a Festa do Livro da USP? O que achou?

Visite o site oficial da 19ª Festa do Livro da USP aqui.

P.S.: Obrigada, Stela, pela carona e companhia nos dois anos! <3

Sobre o autor

Brenda Bellani

4 Comentários

  • Oies Brenda! Acabou que no dia que vc foi eu estava num evento na PUC 🙁 Mas mulher realmente as suas compras compensaram, não tem comparação com a Black Friday hahaha… Eu fiz a minha listinha, mas fiquei com dó de investir nos livros acadêmicos e aí acabei comprando 3 livros da Plataforma 21 <3 E nem tive coragem de encostar no stand da Companhia das Letras hahaha. Bjos

    • Hahahaha Ai, Cah! E eu já fui querendo fazer a festa na Companhia das Letras! Se eu tivesse comprado tudo o que queria, teria gastado uma fortuna (que eu obviamente não tenho). Mas eu de fato quase não gastei com livro o ano todo pra poder ir à Festa da USP. É uma loucura, né? Vontade de sair com malas de livros! Hahahaha

  • Oi Brenda! Eu acho essa feira da USP uma maravilha e, se não me engano, a gente não tem nada parecido com isso aqui no Rio de Janeiro. Sempre invejei um pouco vocês por conta disso. 😛 Esse ano como a Bienal foi por aqui, me permiti ter essa experiência de lista de desejados e levantamento de valores pra esse evento, mas também não resisti comprar alguns outros na Black Friday.
    Uma dúvida sobre os descontos: é sempre 50% em todas as editoras, ou é “até 50%”?
    Abraços!

    • Oi, Samara, tudo bem? Hahaha eu imagino! Mas mesmo morando no estado de SP, eu fiquei sabendo sobre a Festa da USP há poucos anos e só a conheci ano passado. De fato, é uma maravilha, porque são muuuitas editoras reunidas e preços excelentes. A Bienal, por outro lado, é um evento muito mais completo, com estandes caprichadas, mesas e debates, autores participando da programação. A Festa é inteiramente voltada a venda/compra de livros. Os dois têm seus prós e contras.

      Quanto ao desconto, todas as editoras são obrigadas a dar NO MÍNIMO 50% de desconto em todas as obras à venda. Alguns livros são vendidos com descontos ainda maiores, mas são poucos. Ah, e vale notar que o desconto é dado no preço de catálogo da editora. Por isso, tem livro que você encontra por preço muito parecido na Amazon, por exemplo, que costuma ter as melhores ofertas!

      Obrigada por ler e volte sempre! <3

      Beijo,
      Brenda

Deixe um Comentário